O barquinho - analise

Um giro ao "O Barquinho" de Roberto Menescal, este com certeza é um dos melhores temas brasileiros pela complexidade que há na sua simplicidade, ou o inverso neh! Ou seja, melodia criada por um motivo super básico, de 4 notas, que vai se repetindo em cada centro tonal, os centros tonais estão a 1 tom de distância ( C/Bb/ Ab ) e depois a gente espera que vai para Gb mas não, voltamos ao velho amigo Dó. Outro sim, acontece um engano de resolução com um II V7 supostamente indo para o III grau, mas acaba indo para o bVIImaj7 que não tendo uma função no centro corrente, acaba sendo modulação, até porque dura mais de 2 compassos e a melodia já modula. Uma dica boa para essa música é: podemos tocar o acorde 1 apenas por 1 compasso, logo a seguir tocar o VIm11 antes dos II V, se o baixo estiver firme na sexta como a melodia é mesmo a 11 então criará um intervalo de 4justa , depois o movimento do baixo da sexta para o IIm7 da modulação ficará mais dramático por ser uma b3. Caso queira tornar mais interessante ainda pode tornar o acorde IIm7 em II7sus4 e depois substituir o acorde V7 pelo seu tritono, isto é descer meio tom da II-7 e teria um 7#11 que desceria uma quarta justa! Movimento super interessante para o Baixo, acomoda lindamente a melodia.



1 view0 comments

Recent Posts

See All